Notícias

27 de agosto de 2018

Deputados Federais pró-categoria na luta pelo porte funcional de armas

Da Redação

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

Os agentes de trânsito do Brasil estão expostos a inúmeros riscos no exercício de suas atividades. Em função disso lutaram por 9 (nove) anos para aprovar Projeto de Lei (PL) que iria autorizar os entes federativos a permitir a concessão do porte de arma funcional para agentes de fiscalização de trânsito, quando em serviço, mediante capacitação técnica e psicológica. Tanto a Câmara dos Deputados, quanto o Senado aprovaram o PL, mas infelizmente o Presidente da República, Michel Temer, alegando que os agentes de trânsito não fazem parte da segurança pública, em contraposição ao que está expresso na Constituição Federal, por meio do veto 38/2017, usurpou esse direito da categoria e não promulgou a Lei.

 

A partir desse fato a Associação Nacional dos Agentes de Trânsito do Brasil – AGT Brasil e demais entidades representativas da categoria se mobilizaram pela derrubada do referido veto. Na empreitada conseguiram o apoio 174 Deputados Federias. Infelizmente, porém, apesar do apoio da maioria, na votação não houve o quórum necessário pela derrubada do veto.

 

A AGT Brasil agradece o apoio destes parlamentares e faz questão de aqui divulgar a lista daqueles que ficaram contra o governo e ao lado do trabalhador responsável pela segurança viária em prol da melhor qualidade de vida e segurança no trânsito para a população brasileira. Segue a lista:

 

Distrito Federal (05):

Erika Kokay - PT

Izalci Lucas - PSDB

Rogério Rosso – PSD

Rôney Nem

Augusto Carvalhoer – PP

 

Goiás (08):

Magda Mofatto – PR

Pedro Chaves – PMDB

Marcos Abrão: PPS

Lucas Vergilio – Solidaried

Delegado Waldir – PR

Rubens Otoni – PT

Flávia Morais – PDT

João Campos - PRB

 

 

Mato Grosso (03):

Professor Victório Galli – PSC

Xuxu Dal Molin – PSC

Valtenir Pereira – PSB

Carlos Bezerra – PMDB

 

Mato Grosso do Sul (01):

Dagoberto Nogueira – PDT

 

Bahia (07):

Mário Negromonte Jr – PP

Márcio Marinho – PRB

José Carlos Aleluia – DEM

Félix Mendonça Júnior – PDT

Irmão Lazaro - PSC

Nelson Pellegrino - PT/BA

Sérgio Brito – PSD

 

Sergipe (03):

Valadares Filho – PSB

Fabio Reis – PMDB

Jony Marcos - PRB

 

Alagoas (04):

Cícero Almeida – Podemos

Rosinha da Adefal – Avante

Nivaldo Albuquerque – PRP

Ronaldo Lessa – PDT

 

Pernambuco (08):

 

André de Paula – PSD

 João Fernando Coutinho – PSB

Pastor Eurico – PHS

Wolney Queiroz – PDT

Daniel Coelho – PSDB

Carlos Eduardo Cadoca – PDT

Jarbas Vasconcelos – PMDB

Adalberto Cavalcanti – Avante

 

Paraíba (09):

Efraim Filho – DEM

Wilson Filho – PTB

Veneziano Vital do Rêgo – PMDB

Pedro Cunha Lima – PSDB

Luiz Couto – PT

Wellington Roberto – PR

André Amaral – PMDB

Damião Feliciano – PDT

Benjamin Maranhão – Solidaried

 

 

Rio Grande do Norte (02):

Rafael Motta - PSB/RN

Felipe Maia – DEM

 

 

Ceará (08):

Leônidas Cristino – PDT

Vitor Valim – PMDB

Danilo Forte – DEM

Aníbal Gomes – PMDB

André Figueiredo – PDT

Cabo Sabino – PR

Raimundo Gomes de Matos – PSDB

Vaidon Oliveira - PROS

 

 

Maranhão (07):

Alberto Filho – PMDB

Junior Marreca – PEN

Juscelino Filho – DEM

Cleber Verde – PRB

Pedro Fernandes – PTB

Deoclides Macedo –PDT

José Reinaldo -PSB

 

 

Piauí (03):

Átila Lira – PSB

Júlio Cesar – PSD

Silas Freire – Podemos

 

Roraima (05):

Abel Mesquita Jr.- DEM

Carlos Andrade – PHS

Hiran Gonçalves – PP

Jhonatan de Jesus – PRB

Maria Helena – PSB

 

Rondônia (00):

Amapá (01):

Marcos Reategui – PSD

 

Amazonas (02):

 Conceição Sampaio – PP

Átila Lins - PSD

 

Pará (09):

Francisco Chapadinha – Podemos

Joaquim Passarinho – PSD

José Priante – PMDB

Lúcio Vale – PR

Arnaldo Jordy – PPS

Hélio Leite – DEM

Josué Bengtson – PTB

Júlia Marinho – PSC

Delegado Éder Mauro – PSD

 

Tocantins (04):

Josi Nunes – PMDB

Vicentinho Júnior – PR

Lázaro Botelho – PP

Irajá Abreu – PSD

 

 

Acre (00):

 

São Paulo (19):

Andres Sanchez -PT 

Arnaldo Faria de Sá – PTB

Antonio Bulhões –PRB

Capitão Augusto – PR

 Eduardo Bolsonaro – PSC

Eli Corrêa Filho – DEM

Goulart –PSD

Herculano Passos – PSD

João Paulo Papa – PSDB

Jorge Tadeu Mudalen -DEM

Marcelo Aguiar – DEM

Marcio Alvino – PR

Paulo Freire - PR

Pr. Marco Feliciano – PSC

Miguel Lombardi – PR

Missionário José Olimpio – DEM

Sérgio Reis – PRB

Tiririca – PR

Orlando Silva – PcdoB

 

Rio de Janeiro (14):

Altineu Côrtes – PMDB

Arolde de Oliveira – PSC

Dejorge Patrício – PRB

Felipe Bornier – PROS

Francisco Floriano – DEM

Jair Bolsonaro - PSC 

Marcelo Delaroli – PR

Paulo Feijó – PR

Otavio Leite – PSDB

Rosangela Gomes - PRB

Marcelo Matos – PHS

Sergio Zveiter – Podemos

Simão Sessim – PP

Walney Rocha – PEN

 

Espírito Santo (03):

Evair Vieira de Melo – PV

Carlos Manato – Solidaried

Norma Ayub – DEM

 

Minas Gerais (13):

Ademir Camilo – Podemos

Bilac Pinto – PR

Caio Narcio – PSDB

Delegado Edson Moreira – PR

Diego Andrade – PSD

Domingos Sávio – PSDB

Eros Biondini - PROS

George Hilton – PSB

Laudivio Carvalho – Solidaried

Weliton Prado – PROS

Renato Andrade – PP

Marcelo Álvaro Antônio - PR

Lincoln Portela – PRB

 

Paraná (09):

Assis do Couto – PDT

Christiane de Souza Yared – PR

Delegado Francischini - Solidaried

Dilceu Sperafico - PP

Diego Garcia – PHS

Evandro Roman – PSD

Sandro Alex – PSD

Takayama – PSC

Leopoldo Meyer – PSB

 

Santa Catarina (10):

Carmen Zanotto –PPS

Esperidião Amin – PP

Geovania de Sá – PSDB

João Paulo Kleinübing – PSD

Jorge Boeira - PP

Jorginho Mello – PR

Rogério Peninha Mendonça – PMDB

Ronaldo Benedet – PMDB

Mauro Mariani – PMDB

Valdir Colatto – PMDB

 

Rio Grande do Sul (10):

Carlos Gomes – PRB

Luis Carlos Heinze – PP

Mauro Pereira – PMDB

Onyx Lorenzoni – DEM

Covatti Filho – PP

Cajar Nardes – Podemos

Afonso Motta – PDT

Jones Martins – PMDB

Jose Stédile – PSB

Paulo Pimenta – PT

 

Comentários