Notícias

11 de setembro de 2019

Primeiro dia de mobilização em Brasília abre perspectivas positivas para a categoria

Por: Junia Ferreira

 

Ontem, terça, 10 de setembro, foi o primeiro dia da mobilização dos Agentes de Trânsito do Brasil em prol da aprovação do destaque 04 à emenda apresentada pelo Deputado Federal João Campos (PRB/GO),  que acrescenta a categoria no Projeto de Lei nº 3723/2019, que visa alterar o Estatuto do Desarmamento, reparando a injustiça de ser essa classe a única constante no artigo 144 da Carta Magna a não possuir direito ao porte funcional de arma de fogo. Não apenas pelo direito, mas pela necessidade de auodefesa e de prestar um melhor serviço à população essa reparação legal e justa se faz necessária.

 

O primeiro ponto positivo constatado no limiar do dia foi a participação efetiva da categoria na mobilização, inicialmente com 15 estados da Federação representados in loco (BA, CE, DF, GO, MG, PA, PB, PE, RJ, RN, RR, RS, SE, SP e TO) e praticamente todos operando nas bases para que o objetivo seja alcançado.

 

Acesso ao Presidente da Câmara

 

Ainda durante os trabalhos na terça, foi marcante o encontro do Presidente da AGT Brasil, Antônio Coelho, que estava acompanhado de inúmeros agentes, com o Deputado Federal Rodrigo Maia, presidente da Câmara Legislativa.  A princípio um segurança tentou impedir a interlocução, mas o próprio Maia impediu o feito demonstrando disposição em ouvir a categoria e prometendo atenção especial na análise da demanda.

 


Houve também uma reunião da AGT Brasil, operacionalizada via apoio do Deputado João Campos, com o Ministro da Casa Civil Onix Lorenzoni em que o mesmo se manifestou favorável ao porte de arma funcional para a categoria dos agentes de trânsito, se comprometendo a interceder para que haja a aprovação do destaque e mais, olhar com atenção para outra demanda da classe: o estatuto nacional. 

Fotos da Matéria

Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar

Comentários