Notas

15 de abril de 2016

Nota de esclarecimentos sobre posicionamento da AGT Brasil ao PL 4981/2016:

A AGT Brasil tem um posicionamento de que cada categoria profissional tenha suas atribuições específicas e estas possam ampliar seus limites de atuações sem invadir competências de outras categorias ao ponto de suprimi-las. Ampliar seus limites, exemplificado aqui, significa ter mais autonomia para exercer suas funções ou atribuições sem necessitar do auxílio incondicional de outra categoria para tanto.

O posicionamento da AGT Brasil é totalmente contrário ao PL 4981/2016 que dá aos Agentes de Trânsito atribuições de Guarda Municipal (GM). Nossa luta é que Policia Militar (PM) exerça seu papel de PM, que GM seu papel de GM. E nós, que constituímos a categoria de Agentes de Trânsito (AGTs), sejamos AGTs com atribuições unicamente da categoria. Defendemos que o AGTs sejam profissionais capazes de cuidar da segurança viária na amplitude das atribuições que diz respeito unicamente ao trânsito.

A categoria da GM e seus representantes deveriam compactuar em sermos categorias coirmãs. Devemos nos sentar para definir cada qual suas atribuições e agir como parceiras em prol da segurança pública na esfera municipal, mas cada uma na sua especialidade. Da mesma forma como a PM deve se pautar, em nível estadual, àquilo que lhe concerne.

 

Diretoria AGT Brasil

Comentários