Notícias

23 de setembro de 2018

23 DE SETEMBRO: DIA DO AGENTE DE TRÂNSITO

Por: Junia Ferreira

O que é ser agente de trânsito e transporte no Brasil? Se do Oiapoque ao Chuí replicarmos essa pergunta a gama de respostas terá aspectos tão diversos que provavelmente gastaríamos números incontáveis de caracteres para replicar, pois a multiplicidade de tarefas é enorme.

Esse profissional trabalha em um ambiente complexo, de realidades desafiadoras, composto por seres humanos com diversos tipos de comportamentos e personalidades, além de outros elementos marcantes, como a ação do tempo, animais, obras de arte urbanas, sinalizações complexas ou a inexistência delas, infraestruturas falidas, seja viárias ou na instrumentalização que viabilize suas atuações, como falta de viaturas, cones, coletes e até fardas decentes, com a insegurança e a impossibilidade de se autoprover a mínima, já que depende de legalização para tal.

O agente de trânsito e transportes no Brasil sai para a lida com a expectativa de se tornar marcante na vida de alguém ou de uma comunidade. Pensamentos assim transitam pela sua mente: “Que bom se não houver nenhum acidente no trânsito hoje?”, “Meu Deus, permita que nessa escala não haja nenhum pai perdendo um filho, ou vice-versa, vítima de um motorista embriagado!”, “Hoje tem controle de tráfego devido àquela corrida. Tudo vai dar certo. Vamos conseguir fazer o trânsito fluir e também cuidar da segurança dos atletas. Tomara que a população não se estresse conosco?”, “Senhor, permita que eu volte para casa com segurança e que eu não me depare com nenhum criminoso na blitz que vamos fazer!”, “Hoje tem fiscalização de transporte clandestino. Colegas já foram assassinados em serviço. Deus ajude que eu não seja o próximo”, “Na última escala abordamos um carro com sequestradores e uma vítima. Conseguimos salvar uma vida. Espero conseguir salvar mais vidas hoje também”, “Hoje vou atuar na porta daquela escola. Acho muito bonitinho ver as crianças falarem para os pais para parar antes da faixa de pedestres. O amor delas tenho certeza que temos”, “Vamos lá, hoje é dia de salvar vidas!”.

Nos pensamentos retratados uma fração mínima do que habita o cotidiano desses profissionais. Uma categoria de raça e sangue nas veias que se uniu em nível nacional compondo essa irmandade chamada Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil para buscar reconhecimento, para fomento de maior dignidade profissional, para implemento de melhores condições de vida e de trabalho.

É com orgulho que neste dia 23 de setembro, comemoramos seu dia e reafirmamos nosso anseio em responder, com a luta que abraçamos, de forma uníssona e diferenciada a pergunta que abriu essa matéria: “O que é ser agente de trânsito no Brasil?”. Queremos ter entre as respostas: “È ter qualidade de vida no trabalho”, “É ser reconhecido pelos gestores”, “É não ter a carreira ameaçada”, “É ter segurança mínima para exercer suas atividades”, “É responder às expectativas dos cidadãos por estar bem qualificado e instrumentalizado”, “É cooperar para que no ambiente trânsito não haja mais feridos ou mortos”, “É ter leis que lhes garanta uma aposentadoria digna”, “É fazer parte da segurança pública e ser reconhecido como elemento fundamental a ela”.

Parabéns a todos os agentes de trânsito e transportes do Brasil. A AGT Brasil ainda não comemora plenamente, pois os desafios são muitos, mas a esperança não abandona sua casa e, com certeza, dia após dia, a categoria unida chegará ao momento de desfrute da consagração plena, pois jamais desistiremos.

Comentários